Voltar ao site

Agência Pública desvenda segredo dos paraísos de dinheiro e fé

A agência de jornalismo investigativo está publicando série sobre a relação entre igrejas fundamentalistas e negócios ilegais. Abaixo estão os links para as três primeiras reportagens

· Nacional,Sem Fronteiras,Vale a pena ler

A investigação Paraísos de dinheiro e fé foi realizada em conjunto pelo programa em jornalismo investigativo da Universidade Columbia (Columbia Journalism Investigations, conhecido como CJI em inglês), Centro Latino-Americano de Jornalismo Investigativo (Clip, na sigla em espanhol), OCCRP (Europa), Mexicanos Contra la Impunidad y Corrupción (México), Nómada (Guatemala), Canal 13 Noticias (Costa Rica), IDL-Reporteros (Perú), Infobae (Argentina), Agência Pública (Brasil), Folha de S.Paulo (Brasil), La Diaria (Uruguai), El Tiempo (Colômbia), com apoio da Seattle International Foundation.

Como o crime organizado tem explorado benefícios concedidos a igrejas para operar seus negócios ilegais
16 de agosto de 2020 | por Rebekah Ward, Beatriz Muylaert, Matthew Albasi e Giannina Segnini

Investigação realizada por veículos de dez países descobriu que, amparados nas leis de liberdade de culto, algumas igrejas e líderes religiosos nas Américas abusam da confiança de seus fiéis e cometem crimes como lavagem de dinheiro e fraude

Líderes religiosos são investigados, mas raramente condenados
16 de agosto de 2020 | por Rebekah Ward, Beatriz Muylaert, Matthew Albasi e Giannina Segnini

Colaboração transnacional aponta que investigações contra líderes religiosos no Brasil, Argentina, Chile, Trinidad e Tobago, México e Colômbia se estendem há anos e poucas são concluídas

Igreja Universal é investigada por movimentações bancárias suspeitas na Argentina
17 de agosto de 2020 | por Rute Pina, Mariel Fitz Patrick e Agência Pública/Infobae

Inquérito apura origem de mais de US$ 100 milhões depositados por pastores entre 2010 e 2014 nas contas da filial da Iurd no país

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK